A Autora

 

Iria Schnaider

 

 

        Iria Raimundo Schnaider nasceu em 24 de agosto de 1968 na cidade de Major Gercino, interior de Santa Catarina. Filha de Manoel Júlio Raimundo e Maria Corrêa Raimundo. Foi levada ainda menina para viver em Blumenau (SC), onde foi criada por seus avós maternos José Corrêa e Guilhermina Moresco Corrêa, vivendo com eles até os vinte e três anos.

 Estudou desde o primeiro ano primário até formar-se no Segundo Grau no Conjunto Educacional Governador Celso Ramos, onde se graduou no Curso Técnico de Contabilidade. Tornou-se Bacharel em Ciências Sociais pela FURB – Universidade de Blumenau.

        Em 1991, aos vinte e três anos, se casou com Hilario Schnaider e mudou-se para o município de Penha (SC) onde abriram uma micro empresa na área de livros e revistas.

 

 

      Apaixonada por livros desde a infância, em 2002 Iria realiza um sonho da adolescência e lança seu primeiro livro, um romance intitulado “Desistir, Jamais!”, que conta a história de um garoto de favela disposto a mudar seu provável destino no submundo das drogas e da violência. A segunda edição do livro foi lançada pela Editora Best Seller de São Paulo a nível nacional, levando-a a participar da Bienal do Livro em São Paulo, no ano de 2004, onde teve sua tarde de autógrafos ao lado do escritor Walcyr Carrasco, que lançava pela mesma Editora o livro “Pequenos Delitos”. Através de seu primeiro livro Iria ganhou destaque na mídia em Jornais de circulação regional, estadual e até nacional; deu entrevistas ao vivo para algumas emissoras de TV e saiu em várias revistas de circulação nacional como Ana Maria, Viva Mais, Caras, Possível...

 

      A cobrança dos amigos e leitores por uma nova obra empurrou-a a escrever novamente. Em 2010 Iria lança o Romance Policial “O Preço da Justiça”, trama inteligente contada em dois tempos e com desfecho surpreendente, uma obra recheada de ação que caiu no gosto do público e encontra-se na terceira edição.

 

      Em 2011 lança o Romance Biográfico “Dois Nomes, Uma Vida” uma história real que se inicia no final da Primeira Guerra Mundial, passa pela vinda dos imigrantes austríacos para o Brasil pelo Porto de Santos, a vida em São Paulo durante a Segunda Guerra Mundial e vem até os dias atuais. O Biografado Márcio José Paniguel veio a falecer em 17 de fevereiro de 2016.

 

      Durante três anos Iria se dedicou ao estudo da Cultura Celta na antiga Britânia dos primeiros séculos depois de Cristo e criou um Romance Histórico dividido em dois livros: “Entardecer Celta” e “Destino Celta”. Os livros foram lançados em novembro de 2016, uma trama envolvente que desnuda o declínio de um povo que amava imensamente a Natureza, respeitava as Mulheres e venerava os Anciãos. A luta pela defesa de seus territórios culmina na mais famosa batalha entre Celtas e Saxões: a Batalha do Monte Badon. Mostra também a garra de uma Sacerdotisa para manter o direito de seu povo celebrar seus Rituais e adorar seus Deuses, numa época em que o Cristianismo se impunha pela espada. A saga é um resgate dos ensinamentos Celtas, tão presentes em nossa própria cultura.

 

      Em abril de 2016 passou a ocupar a cadeira número 08 da Academia de Letras do Brasil - Seccional Penha.

 

      Iria Schnaider escreve semanalmente como Colunista para o Jornal Visão, semanário de circulação regional.

 

Frases da Autora

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

47 3345-9003

Todos os Direitos Reservados